sábado, 20 de fevereiro de 2016

Literatura, Classic Rock e Heavy Metal

Literatura, Classic Rock e Heavy Metal
Por Leandro Vianna


Nos últimos anos, o mercado literário voltado para o Rock e o Metal em geral cresceu muito, com o lançamento de diversas biografias e livros que abordam a história dos estilos. Em meio a tantas opções, algumas ótimas ou boas e outras discutíveis, fica até mesmo difícil para o fã de Metal se situar meio a tal avalanche literária. É normal nos depararmos com um livro que trata de nosso artista favorito e bater aquela dúvida se a compra vale ou não a pena.

Sendo assim, o A Música Continua a Mesma irá publicara a cada 15 dias, uma matéria abordando o assunto, com indicações de livros e uma rápida análise de cada um. Devido à grande quantidade de material no mercado, optamos por dividir as matérias por bandas, sendo que para dar o pontapé inicial, escolhemos três verdadeiras lendas: Black Sabbath, Metallica e Iron Maiden. E para facilitar ainda mais, ao final de cada análise, disponibilizaremos links de onde comprar os livros, caso o leitor venha a se interessas pelas obras em questão.

Tem alguma sugestão ou pedido de livros ou bandas que gostariam de ver nas próximas matérias? É só entrar em contato através do e-mail amusicacontinuaamesma@gmail.com

Então coloque um cd, para rodar, bote o volume no talo e boa leitura.

BLACK SABBATH


Black Sabbath: Destruição Desencadeada (Martin Popoff) Darkside Books


Martin Popoff é sem sombra de dúvidas, o maior especialista em biografias da atualidade. Em Black Sabbath: Destruição Desencadeada, ele trata da história dos pais do Metal com uma riqueza de detalhes impressionante, trazendo inclusive diversas informações até então inéditas. Com introdução escrita por Andreas Kisser e um trabalho gráfico impecável, esse é um desses livros indicados não só para fãs da banda, como de Metal em geral.


Black Sabbath: A Biografia (Mick Wall) Globo Livros


Mick Wall é outra estrela do mercado de biografias, já tendo escrito livros sobre artistas como Metallica, Led Zeppelin, AC/DC, dentre muitos outros, além de ter passado por nomes como Kerrang!, Clasic Rock, dentre outras. Ainda trabalhou de assessor de imprensa para o próprio Sabbath, Ozzy Osbourne e Dio. Sendo assim, aqui o leitor se depara com farto material, que aborda toda a carreira da banda com uma riqueza impar de detalhes e sem aliviar em nada, contando absolutamente tudo. Certamente outro trabalho mais que essencial para fãs da banda.


Sabbath Bloody Sabbath (Joel McIver) Madras


Eis outro nome com o qual você irá se deparar muito nas próximas semanas, Joel McIver. Tendo seus capítulos divididos por ordem cronológica, aborda a vida e carreira dos 4 integrantes originais da banda, indo desde o nascimento dos mesmos até o período da formação do Heaven and Hell e a morte de Dio. Apesar de uma abordagem um tanto excessiva da carreira e Ozzy, ao tratar do período entre 1993 e 2006, temos aqui um belo material, com direito aos álbuns da banda comentados faixa-a-faixa.


Iron Man: Minha Jornada com o Black Sabbath (Tony Iommi e T.J. Lammers) Editora Planeta


A autobiografia de Tony Iommi é um desses livros obrigatórios para qualquer fã de Black Sabbath. Abordando desde sua infância até o ano de 2010, absolutamente nada fica de fora dessa obra. Ou seja, aqui você vai ler tanto sobre os bons momentos, quanto os ruins, como vicio em drogas, escândalos e confusões envolvendo a banda. Com uma grande quantidade de detalhes interessantes sobre sua vida e o Sabbath (afinal, os dois se misturam), sua leitura é agradabilíssima.


Eu Sou Ozzy (Ozzy Osbourne e Chris Ayres) Editora Benvirá


Imaginem um livro agradável de ler, divertido e que vai te arrancar risadas em diversos momentos. Abordando desde sua infância e indo até o estouro da (discutível para alguns) série The Osbournes, tudo se faz presente aqui, ou ao menos o que a memória de Ozzy conseguiu recordar. Tudo é tratado de forma incrivelmente aberta e o  leitor em muitas passagens irá se deparar com momentos absolutamente surreais vividos por Ozzy. Leitura mais que obrigatória.


METALLICA


Metallica – A Biografia (Mick Wall) Globo Livros


Aproveitando a relação de amizade com a banda, principalmente com Lars Ulrich, Mick Wall escreveu aquela que para muitos é a principal biografia sobre o Metallica. Através da vida de James e Lars, a história da banda é passada a limpo, abordando todos os episódios da mesma, como a entrada e saída de Mustaine, a trágica morte de Cliff Burton, a entrada de Jason, o Black Album, o caso Napster, a fase Load/Reload, o equivocado St.Anger, o retorno com Death Magnetic e, na segunda edição, revisada e atualizada, detalhes sobre Lulu (o álbum gravado com Lou Reed) e o festival Orion, criado pela banda. Para quem é fã da banda, um livro imprescindível.


Metallica - All That Matters (Paul Stenning) Benvirá


Para muitos, All That Matters, de Paul Stenning, colaborador de revistas como Rolling Stone, Spin, Metal Hammer e responsável por biografias de outros nomes importantes, como AC/DC, Slash e Iron Maiden, é tão boa quanto a escita por Mick Wall. Mas a verdade é que elas se complementam. Com um texto fácil de ler, vai desde o nascimento e infância dos músicos até aproximadamente o ano de 2010, com foco maior nos períodos dos álbuns Kill ‘em All e Metallica. Outra aquisição que vale muito a pena para os fãs.


- Metallica: A História Completa e Ilustrada (Martin Popoff) Nova Fronteira


A biografia escrita por Popoff evita temas polêmicos ao dar uma geral sobre a carreira da banda, sendo quase uma biografia “chapa branca”, mas tem um diferencial incrível sobra as outras, que é o riquíssimo acervo de imagens. Com muitas fotos da banda, de posters de divulgação e de festivais, além de muita memorabília, é sem dúvidas, um item interessantes para fãs da banda terem em seu acervo.


James Hetfield - O Lobo A Frente Do Metallica (Mark Eglinton) Gutemberg


Mark Eglinton, para quem não sabe, escreveu junto com Rex Brown a biografia do Pantera. Aqui ele dá uma repassada por toda a vida de James Hetfield, considerado por muitos o coração do Metallica, indo desde sua conturbada infância (e que teve pesados reflexos em sua vida) até os dias atuais. O maior pecado aqui é tratar tudo de forma um tanto quanto superficial, já que nem James e muito menos os demais membros da banda foram entrevistados. Mas ainda assim é um bom livro.


Cliff Burton: A Vida e a Morte do Baixista do Metallica (Joel McIver) Ed. Gutemberg


Com prefácio de Kirk Hammet e entrevistas com pessoas que conviveram com Cliff, Joel McIver nos conta a curta trajetória de Cliff e todo o impacto que ele causou, em vida e após sua morte, na carreira do Metallica. Com um texto agradabilíssimo, esse é daqueles livros que você lê sem esforço e quando percebe, já está em seu final.


IRON MAIDEN


Iron Maiden: Run To The Hills - Uma Biografia Autorizada (Mick Wall) Generale


Uma das primeiras obras lançadas por Mick Wall, a biografia da Donzela é um bom trabalho e aborda desde os primórdios da banda até o período de Dance Of Death. Por não ter sofrido uma atualização, peca por deixar a última década da banda de fora, além de não trazer nenhuma grande revelação que já não seja do conhecimentos dos mais fanáticos pela banda. Mas se você é um apaixonado pelo Maiden ou está conhecendo a banda agora, está ai um bom livro.


Iron Maiden: a Biografia não Autorizada e Definitiva da Besta (Neil Daniels) Editora Ediouro


Neil Daniels é um jornalista com colaborações para diversos jornais e revistas, como The Guardian e Rock Sound. Aqui, contando com a colaboração de diversos jornalistas, como Popoff, Wall e Ian Christie, dentre outros, ele dá uma geral na história do Iron Maiden, analisando inclusive cada lançamento da banda. Além disso, ela vêm carregada de um material fotográfico farto e belíssimo, que vai deixar qualquer fã feliz. E para fechar com chave de ouro, a capa é uma arte exclusiva de Derek Riggs para o livro.


Iron Maiden – Biografia Ilustrada (Renata Vilela) Universo dos Livros


Eis um livro indicado apenas para aqueles que estão tendo um primeiro contato com a banda e não querem gastar muito com um livro. Com uma apresentação gráfica caprichada, essa biografia dá uma geral na história da banda, passando por todos os momentos importantes vividos pelo Iron, mas sempre de forma superficial, com um caráter quase informativo. Um livro simples, mas muito funcional dentro de sua proposta.


Bruce Dickinson: Altos voos com o Iron Maiden e o Voo Solo de um dos Maiores Músicos do Heavy Metal (Joe Shooman) Ed. Gutemberg


Apesar de não trazer grandes revelações, essa biografia aborda toda a carreira e vida de Bruce, sendo um material bem completo nesse sentido. Através de entrevistas antigas dadas por ele e de depoimentos de pessoas próximas, essa obra aborda desde os tempos pré-Maiden até o sucesso ao lado da Donzela, passando por sua carreira solo. Se você é fã de Bruce e da banda, este é um material que vale muito a pena ter em sua biblioteca.



Nenhum comentário:

Postar um comentário